O universo dos quadrinhos, dos games e dos super heróis invadiu o Instituto Projeto Neymar Jr. nesta sexta-feira (09). A garotada do projeto participou de um Dia Diferente organizado especialmente para celebrar o 2º Festival Geek do INJR. Muitos jogos, palestras, apresentações e gincana marcaram o dia de aula por aqui.

A ideia do Dia Diferente, surgiu em 2017, quando o Instituto criou uma data para trazer um tema lúdico onde as crianças e os adolescentes participariam de atividades que não estão no seu dia a dia no projeto. A Coordenadora de Pedagogia, Ilana Alves, conta que esse é um dia para os alunos se divertirem e saírem da rotina, além de aproximar a garotada de um universo diferente, como o Geek.

“Tudo o que envolve brincadeira e o lúdico os alunos gostam. Então os professores do educacional e do esporte se juntaram para organizar esse evento para eles trazendo conhecimento e jogos ao mesmo tempo”.

No prédio das atividades educacionais os alunos tiveram oficina de desenho, de música, de bexigas, exposição de personagens colecionáveis, pintura de rosto, oficina de óculos de realidade virtual e a presença de personagens de filmes e desenhos animados. Uma das principais atrações foi a palestra do dublador dos personagens do Bob Esponja e do Goku, o brasileiro Wendel Bezerra. Ele trouxe para a garotada vídeos que contaram a sua trajetória e também chamou os alunos para imitarem as vozes dos personagens que ele já dublou.

“Quando me disseram que ia ter esse evento e encontro com as crianças eu achei o máximo, ainda mais sendo no Instituto Neymar. Então eu não tive dúvida que viria participar. A minha ideia a princípio foi passar um pouco sobre esse mundo lúdico que é a dublagem das vozes dos personagens, mas falar que como eu comecei a dublar quando criança passei para eles a importância de estudar de verdade com dedicação. Isso pode transformar a sua carreira independentemente daqui que você decidir fazer na vida”.

Quem adorou a palestra e o festival Geek foi Maria Carolina Esteves Silva, aluna da Turma F3, de 11 anos. Ela realizou várias perguntas para Wendel Bezerra e se mostrou muito interessada por uma profissão que descobriu hoje. “Foi muito legal, eu não sabia que dublador faziam isso e que tinha todo um processo que demorava muito para dublar um episódio de só 22 minutos. Então imagina um filme de três horas o quanto deve durar?! Deve ser muito legal e trabalhoso ser dublador e dá muito trabalho ter que mudar a voz e o ato de agir. E o evento Geek está sendo bem legal e divertido estar aqui com meus amigos”.

Durante a atividade esportiva os alunos colocaram o corpo para se movimentar. Uma gincana com vários obstáculo, além de uma oficina de dança animaram a garotada. A Supervisora de Atividades Esportivas, Patrícia Diniz, explica que o Dia Diferente também é uma atividade que os professores conseguem trabalhar o trabalho em equipe e a diversão ao mesmo tempo.

“Sempre organizamos gincanas em grupo para que as turmas interajam e muitos alunos que não frequentam as mesmas aulas possam se conhecer. É uma maneira de trabalharmos a colaboração entre eles ao mesmo tempo que aproveitam para brincar”, finalizou.