O Instituto voltou a ter o som ambiente que está acostumado a ter pelos corredores e salas de aula. Nesta segunda-feira (07) as crianças e adolescentes voltaram às aulas após as férias escolares do mês de julho com força total para retornarem aos estudos. O 2º semestre marca o período de fechamento do trabalho pedagógico elaborado para 2017.

DCIM100MEDIADJI_0968.JPG

Segundo Luiz Almeida, Coordenador de Atividades Educacionais do INJR, a expectativa em receber as crianças era grande e animada. Após um período breve de descanso, o retorno foi aguardado com muito carinho pelos professores e colaboradores do projeto.

“A expectativa era que eles chegassem ansiosos por terem ficado fora por um mês de férias. Nessa volta percebemos que as crianças estão bem integradas e comprometidas com o que o Instituto oferece, tanto na parte educacional como na esportiva”.

p1470864

Os professores que retornaram na última sexta-feira (04) prepararam enfeites para decorar o complexo esportivo e educacional para que as crianças e adolescentes se sentissem em casa novamente. Cada sala ganhou bonecos personalizados remetendo aos professores de cada medicina.

“Foi pensada numa recepção diferente para que eles se soltassem mais nessa volta às aulas para nos contar o que vivenciaram nas férias. Foi um retorno diferente do que o tradicional. Todas as atividades que as crianças tiveram nessa segunda-feira foram pensadas pelos professores para que os alunos interagissem em aula”, contou Almeida.

p1470984

Depois do período de recesso escolar e da volta às aulas, agora é o momento de dar sequência no planejamento pedagógico elaborado para o ano de 2017. Em dezembro acontece a segunda parte do Festival do INJR de avaliações entre as crianças para medir a qualidade do ensino aplicado.

“Agora, nesse 2º semestre, vamos dar sequência ao planejamento que já tínhamos elaborado e vamos trabalhar intensivamente para no final do ano desenvolvermos o Festival de Verão.  Assim teremos o balanço pedagógico do ano letivo para trabalhar as melhorias para o ano seguinte”, concluiu.