O dia 23 de dezembro de 2014 celebra-se o término da obra do complexo educacional e esportivo que abriga o Instituto Projeto Neymar Jr. O processo de construção iniciou-se em 25 de julho de 2013 e hoje comemora dois anos do fim das obras no terreno cedido pela Prefeitura de Praia Grande, em uma importante parceria.

Com um ano e cinco meses de duração, aproximadamente, a primeira viga levantada iniciou uma grande empreitada social na cidade em que a família Silva Santos morou por muito tempo. O terreno que hoje abriga o INJR, antes recebia o nome do Grêmio Municipal da Praia Grande, que era um time de futebol amador da cidade. Pertencente à prefeitura, o terreno foi cedido por 30 anos, tendo pela frente mais 30 anos renováveis.

dsc_0104

Faixada do Grêmio Municipal da Praia Grande antes do início das obras

O período de obras foi um marco na história do projeto. A partir do momento em que se conseguiu o local para construção, o trabalho social idealizado iniciou-se. O início das obras foi a concretização do sonho e o crescimento da instituição, em termos de conhecimento, organização, planejamento e execução dos objetivos propostos. Adquiriu-se experiência no relacionamento com a comunidade ao iniciar o combate de indicadores de vulnerabilidade social, como renda per capita e saúde.

dsc_1010

Imagem mostra o terreno em que hoje abriga o INJR

Apesar algumas dificuldades contra o relógio e contra a meteorologia, a obra foi finalizada em tempo recorde ao atender a expectativa de finalização da construção idealizada pela diretoria. O dia 23 de dezembro de 2014 celebra uma importante marca para o INJR ao representar um marco de entrega efetiva da obra para início das atividades com as crianças e colaboradores.

p10102801-940x541

Prédio de Atividades Educacionais e piscina em fase de construção

Além de impactar a cidade de maneira estrutural e socialmente, a obra do INJR também contribuiu para o mercado de trabalho da Praia Grande nestes dois anos em que se celebra esta data. Durante o período de obras, cerca de 250 funcionários, entre contratados da empreiteira responsável pela execução da obra e prestadores de serviços, fizeram parte desta história.

p10309641-940x541

Arquibancada, campo de futebol e quadra poliesportiva durante fase de construção

Após este período, um novo marco se concretizou como resultado deste empreendimento. Foram aproveitados em torno de 20 funcionários que estiveram na obra, dos setores de limpeza, segurança e administrativo. A oportunidade foi concedida porque estes profissionais, durante a execução da obra, demonstraram dedicação, empenho e compreensão dos valores do Instituto.