Saber vender o seu talento e as suas habilidades profissionais não é fácil. Em um mercado de trabalho que passa por um momento instável no país, com um índice alto de desemprego, se profissionalizar e aprender é um diferencial na hora de conseguir uma vaga. Pensando em contribuir com as famílias atendidas pelo Instituto Projeto Neymar Jr., a UniFsp realizou nos dias 26 e 27 de setembro o 3º Curso de Marketing Pessoal.

Com os temas “Como ter Sucesso em uma Entrevista de Emprego” e “Aprendendo a Elaborar Currículos”, a UniFsp recebeu 21 inscritos para participar do curso. Ministrado pela Professora Especialista do Curso de Administração de Empresa e Engenharia de Produção da faculdade, Flávia Lucchesi, a ação trouxe uma nova perspectiva sobre o assunto, segundo a docente.

“Eu acho importante trazer os conceitos de marketing pessoal para eles, porque hoje em dia em um mercado tão competitivo as pessoas têm que cuidar da imagem, da apresentação e elas têm que se colocar no mercado de trabalho. Então eu acho fundamental a gente passar esse conceito para o pessoal para que tenham mais oportunidades no mercado de trabalho”, contou.

Rafael Costa Santana Silva, de 16 anos, e aluno do Projeto Noturno, não pensou duas vezes para se inscrever no curso, pois ele está pensando no seu futuro profissional. Com um talento nato para a criação de desenhos, ele sonha em ser Ilustrador e viu no curso uma oportunidade de aprimorar a maneira como vender o seu trabalho.

“É pela minha própria imagem e pela área que eu quero atuar eu preciso me divulgar, então o marketing pessoal vai me ajudar nesse quesito. A professora falou em uma das aulas sobre as Mídias Sociais, que é para a gente usar nossa imagem, então quero me divulgar por ali”. Rafael também falou sobre a importante iniciativa que o INJR trouxe para os alunos e familiares atendidos. “Eu acho muito boa a iniciativa, porque o Instituto não vai trazer o conhecimento para os próprios alunos, mas vai trazer para a família inteira. Esse conhecimento vai ser passado, não vai ficar preso aqui no Instituto, então eu acho gratificante e bom”, finalizou.

Buscando se recolocar no mercado de trabalho, Adna de Souza, de 29 anos, que está desempregada e é tia do aluno Miguel Souza Santos Barros, achou muito válido todo o conhecimento adquirido no curso. Ela conta que sua especialidade é trabalhar com o público, então ter uma boa comunicação é essencial para ela voltar a atuar no mercado.

“Eu me inscrevi porque acho que é uma oportunidade muito boa, principalmente na minha área porque trabalho com vendas, e o marketing pessoal é como a professora ensinou que nós somos um produto, então temos que saber vender o nosso produto para entrar no mercado de trabalho que está muito difícil. Eu gostei muito e inclusive espalhei lá em casa porque é muito bom e aprendi muitas coisas”.

Contente com a receptividade do Instituto e dos inscritos, Flávia conta que a participação e o interesse durante as aulas foram grandes. Ter esse contato com um público que ela não está acostumada a lidar no dia a dia foi gratificante em sua opinião e ela deixa um conselho para quem está procurando novas oportunidades de trabalho.

“O contato com o pessoal eu acho fundamental e eu fiquei muito satisfeita. O conselho é que eles continuem buscando conhecimento, praticando para adquirir novas técnicas, que eles consigam identificar os talentos naturais que eles têm e fazer um planejamento de onde eles podem chegar. É esse o conselho que eu dou para eles”.