Instituto Neymar Jr. abre as portas depois de 2 anos fechado e acolhe alunos para início das atividades de 2022

07/03/2022

Instituto Neymar Jr. abre as portas depois de 2 anos fechado e acolhe alunos para início das atividades de 2022

07/03/2022

O dia 07 de março de 2022 marcou um novo começo no Instituto Projeto Neymar Jr. Depois de ficar por quase dois anos de portas fechadas por prevenção contra a COVID-19, o projeto deu as boas-vindas para os alunos. Ao longo do dia, os professores receberam os jovens para a primeira etapa do ano letivo: o acolhimento.

Respeitando as orientações sanitárias, como o uso de máscara e distanciamento em sala de aula, a segunda-feira foi contagiada pela volta das risadas nos corredores do Instituto. 

Após o processo de matrícula, rematrícula e dos exames médicos, o primeiro momento entre alunos e professores da área educativa foi de conversa e apresentações. Nas aulas esportivas, o início trouxe algumas brincadeiras mais leves nesse primeiro momento. Além disso, todos os professores deram orientações para a nova realidade e um bate-papo sobre como foram os dois anos de saudade. 

O Diretor Financeiro do INJR, Altamiro Bezerra, reforçou a importância da data. “Hoje, 7 de março de 2022, é uma data muito importante porque nós estamos recepcionando de volta os nossos alunos que, devido a pandemia, estiveram em suas casas. Então hoje a gente celebra esse retorno, essa volta, e estamos aqui acolhendo as crianças. Além disso, a gente também está celebrando, no mês de março, 13 anos da estreia do Neymar Jr. como atleta profissional. Então o mês de março é um mês muito simbólico, muito importante para nós”.

Altamiro reforça, também, que o tempo de pausa do INJR foi necessário para preservar a saúde de alunos e seus familiares, além dos colaboradores do projeto social. “Porém o Instituto sempre esteve ativo. Com seus colaboradores ou com ações pontuais”, conta. Para que um número maior de crianças fosse atendido, Altamiro reforça que o projeto passou a aceitar alunos novos. “Existem crianças que, há dois anos, teriam 7 anos e já seriam beneficiadas pelo programa que não puderam estar aqui antes. Então a gente está recepcionando crianças até a idade de 10 anos justamente para acolher essas crianças que ficaram sem a oportunidade de frequentar nesse período. Para que eles não fossem prejudicados, nós estamos recebendo crianças com idade um pouco superior ao que nós normalmente admitimos, que é a entrada aos 7 anos”.

No primeiro dia de atividades, o aluno Enzo Bernardo Gouveia, 9 anos, conta que não via a hora de voltar. “Eu acordei ansioso para caramba, fiquei muitos dias esperando. Encontrar meus amigos foi maravilhoso. Voltar e ver eles depois desse tempo todo foi muito bom”. Sobre as disciplinas, Enzo mostra que, no Instituto, aprendeu a pensar no futuro. “O que eu estou mais ansioso é voltar a fazer é o Espanhol. Eu quero treinar, porque se eu quiser fazer uma faculdade na Espanha, eu já terei um futuro bem melhor”. 

O novo aluno, Jorge, compartilhou um pouco da expectativa desse novo ciclo. “Eu estava muito ansioso para vir, jogar futebol e fazer natação. Eu gosto muito de esportes”. Além disso, não pode deixar de registrar sua admiração pelo atleta que carrega o nome do INJR: “Eu gosto muito do Neymar. Ele é muito legal e eu admiro muito o esporte que ele joga”.

Ana Clara Mariah dos Santos Pedroso, de 10 anos, disse que ficou muito triste durante o tempo longe e a volta ajudou a matar a saudade. “Eu estava com muitas saudades dos professores do Instituto, eu gostei muito de rever eles e não vejo a hora da pandemia acabar e tudo voltar ao normal para a gente poder se abraçar e ser muito feliz”.

Para as famílias assistidas pelo projeto social, Altamiro deixa um recado. “O Instituto tem uma capacidade enorme, uma estrutura fantástica. Isso vai elevar muito o nível deles, a formação humana e a formação técnica que é essencial nos dias de hoje, essencial para a evolução da humanidade, porque eles são os agentes transformadores das suas casas, das suas ruas, do seu bairro, da sua cidade, do seu país e do planeta. Então nós precisamos que os pais das crianças que são beneficiados pelo programa, que se obrigam a estar presentes aqui, nas oficinas profissionalizantes e atividades, que retornem, que refaçam as suas matrículas, que cumpram as obrigatoriedades de documentos que são exigidas para que façam parte do programa e que estejam aqui porque o Instituto está de braços abertos, os profissionais estão aqui à disposição, ávidos por recebê-los, para que façam com que esse desenvolvimento de cada um possibilite uma melhoria de vida para cada um deles. Então sejam muito bem-vindos, estamos aqui a esperá-los de braços abertos e ansiosos para esse reencontro”.

Para 2022, a expectativa é alta. Após a pausa mais longa que o INJR já enfrentou, a diretoria, os alunos, professores e colaboradores desejam, juntos, tornar inesquecível um ano cheio de aprendizado, saúde, alegria e amizade. 

Instituto Projeto Neymar Jr. opens its doors after two years closed by the pandemic and welcomes students to start activities in 2022

March 7, 2022 marked a new beginning at Instituto Projeto Neymar Jr. After being closed for almost two years to prevent COVID-19, the project welcomed the students. Throughout the day, the teachers welcomed the young people for the first stage of the school year: welcoming.

Respecting the health guidelines, such as the use of a mask and distancing in the classroom, Monday was infected by the return of laughter in the corridors of the Institute.

After the enrollment process, re-enrollment and the medical exams, the first moment between students and teachers in the educational area was for conversation and presentations. In sports classes, the beginning brought some lighter games at that first moment. In addition, all the teachers gave guidance for the new reality and a chat about how the two years of homesickness were.

INJR’s Financial Director, Altamiro Bezerra, reinforced the importance of the date. “Today, March 7, 2022, is a very important date because we are welcoming back our students who, due to the pandemic, were in their homes. So today we celebrate this return, this return, and we are here welcoming children. In addition, we are also celebrating, in March, 13 years of Neymar Jr.’s debut as a professional athlete. So the month of March is a very symbolic month, very important for us”.

Altamiro also reinforces that the INJR break time was necessary to preserve the health of students and their families, in addition to the employees of the social project. “However, the Institute has always been active. With its collaborators or with specific actions”, he says. So that a greater number of children could be served, Altamiro reinforces that the project started to accept new students. “There are children who, two years ago, would have been 7 years old and would already benefit from the program who could not be here before. So we are welcoming children up to the age of 10 precisely to welcome these children who were without the opportunity to attend during this period. So that they would not be harmed, we are receiving children a little older than what we normally admit, which is entry at age 7”.

On the first day of activities, student Enzo Bernardo Gouveia, 9, says he couldn’t wait to go back. “I woke up anxious as hell, I was waiting many days. Meeting my friends was wonderful. Coming back and seeing them after all this time was really nice.” Regarding the subjects, Enzo shows that, at the Institute, he learned to think about the future. “What I’m most looking forward to doing is Espanyol. I want to train, because if I want to go to college in Spain, I’ll have a much better future”.

The new student, Jorge, shared some of the expectations of this new cycle. “I was really looking forward to coming, playing football and swimming. I really like sports”. In addition, he cannot fail to register his admiration for the athlete who bears the name of INJR: “I really like Neymar. He’s really cool and I really admire the sport he plays.”

Ana Clara Mariah dos Santos Pedroso, 10, said that she was very sad during her time away and her return helped to quench her nostalgia. “I really missed the teachers at the Institute, I really enjoyed seeing them and I can’t wait for the pandemic to end and everything to return to normal so we can hug each other and be very happy”.

For the families assisted by the social project, Altamiro leaves a message. “The Institute has enormous capacity, a fantastic structure. This will greatly raise their level, human training and technical training that is essential nowadays, essential for the evolution of humanity, because they are the transforming agents of their homes, their streets, their neighborhood, their city, your country and the planet. So we need the parents of the children who benefit from the program, who are obliged to be present here, in the professionalizing workshops and activities, to return, to re-enroll, to comply with the mandatory documents that are required for them to be part of the program and that they are here because the Institute has open arms, the professionals are here at your disposal, eager to receive them, so that this development of each one makes possible an improvement of life for each one of them. So you are very welcome, we are here waiting for you with open arms and looking forward to this reunion”.

For 2022, expectations are high. After the longest break that the INJR has ever faced, the board, students, teachers and employees wish, together, to make an unforgettable year full of learning, health, joy and friendship.

Confira Mais Notícias

Matrícula e Rematrícula 2023

06/01/2023

Alunas concluem Curso Profissionalizante de Manicure e Pedicure em parceria com o Instituto Mix

13/12/2022

Copa do Mundo do Projeto Noturno inicia no Instituto Neymar Jr.

13/12/2022